Tuesday, April 04, 2006

DIC DE INFORMÁTICA

ÍNDICE
ALTERAR O NOME ●●● NOME DE UM DOCUMENTO ●●● VELOCIDADE RELÓGIO ●●● ●●● ●●● ●●● ●●● ●●● ●●● ●●● ●●● ●●● ●●●

:::::
:::::

ACENTOS E TERCEIRO CARACTERE - Para escrever os acentos (´, `, ^) bem como todo e qualquer caractere que se encontre desenhado numa tecla que possua um dois ou três caracteres:

1. Se o caractere se encontra na base da tecla (em baixo), pressione-o e em seguida pressione a letra em que quer colocá-lo. A Letra surge com o acento.
Ex: á, é, ã... (Fig 1).

2.
Se o caractere se encontra na parte superior da tecla tem de pressionar o Shift inerte) e, em seguida, sem largar, o acento que pretende. Larga então e em seguida escreve a letra pretendida que surge acentuada como pretende (Fig 2).
3.
Se o caractere for um terceiro caractere, para além dos mencionados que normalmente se encontram na base à direita, como o trema, por exemplo (¨), a £ ou o §, pressiona primeiro a tecla AltGr (Fig 5) e, sem largar, pressiona a tecla que contém o terceiro
caractere. Larga então e escreve em seguida a letra de que esse caractere serve de acento (por exemplo ä). Se não for acento, o caractere surge logo a seguir sem ser
necessário escrever qualquer letra, naturalmente: @, €, £, ... (Fig 3).
Por vezes acontece encontrarem-se só dois caracteres, mas o segundo a ocupar o mesmo lugar do caractere da tecla que contém o 3º. caractere. Nese caso procede do mesmo modo como para o caractere da tecla com 3º. caractere. Ex: o € (Fig 4)

ADDRESS - v. ENDEREÇO

ALTERAR O NOME DE UM DOCUMENTO – Clicar no menu Ficheiro e , em seguida, em Guardar como . Apaga o nome existente na caixa onde diz Nome do ficheiro: e escreve o novo.

ANEXO - [Ing Attachement, [Fr : Annexe, [Esp : Adjunto;]Al Anhang] - é um ficheiro binário convertido ao formato UUU ou NIME e que acompanha um e-mail. É conveniente não abrir os ficheiros anexos a um e-mail quando se desconhece a proveniência. De facto, o mail é actualmente o melhor meio de propagação de virus na internet.

BUS - Uma colecção de fios através da qual a informação (data) é transmitida, de um computador para outro.
Podemos imaginar o bus como uma auto-estrada, uma via através da qual o data

CHAT - Conversa em linha ((Ing online) em tempo real (Ing real time) em salas virtuais ((Ing chat rooms).
Os programas de chat permitem um intercâmbio directo com outros utilizadores da Internet.

CICLO DE RELÓGIO - (Ing clock tick) A mais pequena unidade de tempo reconhecida pelo CPU (ver).

CPU (Central Processing Unit)

Abreviatura de central processing unit (unidade de processamento central). O CPU é o cérebro do computador. Por vezes chama-se-lhe simplesmente (
processador central
, mas mais vulgarmente conhecido por processador , o CPU é o lugar privilegiado para a maioria dos cálculos. Em tempo de potência informática, o CPU é o mais importante elemento de um sistema de computador.
As características mais importantes são a sua frequência de funcionamento e o número de bits que irradia simultaneamente. Os PENTUM são processadores de 32 bits com a frequência entre 60 MHz e 30 GHz. Estas informações não são suficientes para comparar dois processadores de família diferente. A sua rapidez depende do número de cliclos relógio que cada instrução, e da sua arquitectura CISC, RISC, etc.

CTRL (control)

Abrerviatura de control, CTRL é uma chave encontrada nas teclas compatíveis da IBM Este termo é comunmente usado para designar uma abreviatura de um atalho, como por ex ctrl+alt=@ (carregando simultaneamente nesta tecla)







DIGITALIZADOR - É um periférico de entrada que pode ler texto ou ilustrações impressos em papel e traduzir a informação com uma configuração que o computador pode usar. O digitalizador digitaliza a imagem dividindo-a numa grelha de compartimentos, representando cada um destes com os dígitos 0 ou 1, enquanto não estiverem cheios. (Para cor ou cinzento, aplica-se o mesmo princípio, mas, neste caso, cada compartimento será representado por mais de 24 bits). A matriz resultante, chamada mapa de bits, pode então ser armazenada num ficheiro, exibida num ecrã e manipulada por programas.
Os digitalizadores ópticos, não distinguem texto de ilustrações, representam todas as imagens como mapas de bits. Todavia, não poderá editar texto que tenha sido digitalizado. Para editar texto lido por um digitalizador óptico, necessita um sistema reconhecedor de caracteres ópticos (ing OCR – optical character recognition). A maioria dos digitalizadores ópticos, vem já apetrechada com pacotes OCR.

DOCUMENTO – Ver: Guardar Alterações A Um Documento; Alterar o nome de um documento

EMAIL - Correio eletrónico ou e-mail ou correio-e é um método que permite compor, enviar e receber mensagens através de sistemas eletrônicos de comunicação.

ENDEREÇO - Na Internet, identificador de pessoa. Para comunicar por email tem de ter o endereço da pessoa a quem quer enviar emails.

GRAVAR UM DOCUMENTO PELA PRIMEIRA VEZ - Colocar o cursor do RATO do lado direito do documento em cima e clicar na cruzinha (x) e depois na caixa de diálogo que aparece clicar em sim e depois aparecem os arquivos e clica naquele em que quer guardar.

GUARDAR ALTERAÇÕES A UM DOCUMENTO – Clicar no menu Ficheiro e , em seguida, em Guardar

GUARDAR NO DISQUETE UM DOCUMENTO PELA PRIMEIRA VEZ - Ver GRAVAR UM DOCUMENTO PELA PRIMEIRA VEZ

IMPUT – É a acção de introduzir dados no computador. Por exemplo, se clicar duas vezes seguidas (e rapidamente) em “meus documentos”, abre o ficheiro e mostra novos dados, neste caso o que estiver lá armazenado.

INICIAR O COMPUTADOR

. Ligar o computador

- Ligar o computador e monitor. Logo a seguir o BIOS (Basic Input Output System) efectua as operações seguintes:
- Teste do CPU (central processing unit – unidade de processamento central).
- Verificação do BIOS
- Verificação da configuração do CMOS
- Iniciação do timer (relógio interno)
- Iniciação do do controlador DMA (Direct Memory Access – acesso directo à memória).
- Verificação da memória viva RAM (random access memory – memória de acesso aleatório) e da memória cache
- Instalação de todas as funções do BIOS
- Verificação de todas as configurações (teclado, disquetes, discos rígidos, etc.)

. Processo de carregamento

Logo a seguir o carregará os ficheiros de sistema, os tipos de letra e deispositivos e dará início aos primeiros programas

. Palavra-passe

Ser-lhe-á solicitada a seguir a introdução da palavra-passe. Depois de digitar o seu nome no campo Nome de utilizador, escreva a palavra passe que definiu nomomento da instalação no campo palavra-passe. Carregue no Enter ou clique OK.

INTERFACE – Por exemplo Interface utilizador : È a parte visível pelo utilizador dum software, ou seja a interacção da máquina e o utilizador. Por exemplo, a simples acção de apontar já é interface.

ISP
(Ing : Internet Service Provider – Fornecedor de Serviçoa da Internetr) -
Organismo que oferece aos clientes a possibilidade de se ligar à internet, ou mais generalizante, a toda e qualquer rede de comunicação

KYLOBYTE - Cerca de mil bytes de dados. Mais precisamente, um conjunto de 1024 bytes forma um kilobyte ou Kbyte.
Um documento de texto normal mede cerca de 6 ou 7 Kb, enquanto que uma imagem JPEG ronda os 150 Kb, e um arquivo de vídeo ou de áudio pode ter vários megabytes (um megabyte corresponde a um milhão de bytes de dados).

NOME DE UM DOCUMENTO, ALTERAR – Ver Alterar o Nome de Um Documento

PLACA-MÃE - (Ing Motherboard) (Italien : Scheda madre)
É a placa principal do computador que recebe o processador, as placas de memória, o bus, os bancos de memória RAM, os cartões de memória específicos e os conectores de extensões (para a inserção das placas adicionais : placa gráfica, modem, etc..).





RATO - O rato é um acessório de input e interface, principalmente humano, que permite ao utilizador introduzir dados no computador.
Aponta, clica e arrasta.
Sempre que movimenta o rato, o cursor (pequena seta), move-se no ecrã.
1. Apontar – Mova o rato e posicione o cursor num ponto determinado. Esta acção denomina-se apontar. Movimente o rato de modo que aponte para um ícone do ecrã: reciclagem, os meus documentos ou qualquer outro. Aponta mas o computador não reage. Para isso tem de clicar.
2. Clique – Premindo a parte esquerda do rato, dá como resultado um clique. Experimente clicar. O ícone fica seleccionado. O lado direito activa o menu de atalho. Portanto, pressionando o lado direito surge uma caixa de diálogo. Clicando (pressionando o lado esquerdo) numa das palavras do diálogo obtém o resultado definido pela palavra. Por exemplo, se for abrir, abre a reciclagem ou o ícone que o cursor estiver a apontar.
3. Arrastar – Se depois de apontar o cursor do rato para um ícone e premir o botão esquerdo do rato (seleccionar) e, sem deixar de pressionar, imprimir movimento ao rato, o ícone segue a trajectória imprimida, arrasta o ícone que será colocado onde se quiser, depois de aliviar a pressão (largar - Ing Drad and Drop)

SCANNER - v. DIGITALIZADOR

SEPARADOR - Se clicar no menu Iniciar e reparar nos ícones que tem verá que existe um ponto de interrogação (Ajuda e suporte).
Se clicar nele surgir-lhe-á o Centro de Ajuda e Suporte. Ao cimo, na barra de tarefas estão os separadores em que clicará sempre que necessite: Índice, favoritos, etc.

SHIFTTecla inerte ou shift é uma tecla auxiliar que serve para escrever as letras maiúsculas e os acentos ou outros caracteres que se encontram na parte superior de algumas teclas.
Pressiona primeiro a tecla shift e, sem largar, a tecla da letra que quer escrever em maiúscula ou a tecla que escreve o acento ou caractere que se encontra na sua parte superior.
A tecla Shift costuma ter escrito Shift na tecla ou apenas uma seta no sentido "para cima" e costuma ser em duplicado (lado esquerdo e direito do teclado)
A tecla shift, assim como praticamente todo teclado, é uma herança das antigas máquinas de escrever. Em inglês, shift significa mover, deslocar; exactamente a função que que a tecla tem em uma máquina de escrever. Por exemplo: ao ser pressionada as teclas moviam fisicamente a haste de continha a letra, fazendo com que os caracteres alternassem entre maiúsculos ou minúsculos. A invenção deu tão certo que foi incorporada nos teclados digitais. Hoje, ninguém digita um texto coerente sem usá-la corretamente.





TECLA INERTE - Ver Shift

TECLADO

Um teclado é um periférico ou dispositivo que consiste num sistema de teclas, como as de una máquina de escrever, que permite introduzir dados num computador ou dispositivo digital.
Quando se pressiona um caractere, envia-se uma entrada cifrada para o computador, que mostra o carácter no ecrã. O termo teclado numérico refere-se ao conjunto de teclas com números que existem do lado direito de alguns teclados (e não aos números da fila superior, sobre as letras). Os teclados numéricos também se referem aos números (e às letras correspondentes) dos telefones móveis.
As teclas dos teclados de computador classificam-se normalmente em:
1. As alfanuméricas: letras e números.
2. Teclas de pontuação: vírgula, ponto, ponto e vírgula, …
3. Teclas especiais: teclas de funções, teclas de controle, teclas de flecha, tecla de maiúsculas,
Deve escrever-se com os dedos todos das mãos, pressionando cada dedo a tecla que se encontra mais próxima.
As teclas de um teclado estão dispostas por uma ordem segundo a frequência com que as letras utilizadas, para serem econtradas com maior facilidade. Como as línguas não são todas iguais, os teclados diferem de país para país

TECLADO NUMÉRICO

O termo teclado numérico refere-se ao conjunto de teclas com números que existem do lado direito de alguns teclados (e não aos números da fila superior, sobre as letras). Os teclados numéricos também se referem aos números (e às letras correspondentes) dos telefones móveis.

TERRCEIRO CARACTERE

Há teclas que têm três caracteres, como por exemplo, nalguns teclados, o @ (arroba), A £ (libra), o § (parágrafo), o € (euro), aparecem como terceiro caractere
Para que ele apareça dactilografado terá de pressionar a tecla Alt Gr e, sem largar, pressionar (ing hold on)a tecla que contém esse caractere.
Se pressionar, ao mesmo tempo, as teclas Ctrl e Alt, sem largar, pressionando a seguir a tecla que contém o 3º. caractere, obtém o mesmo resultado.
Ver tb Acentos.

UNIDADE DE PROCESSAMENTO CENTRAL (UPC) - Ver CPU

VELOCIDADE RELÓGIO (Ing clock speed) - É a velocidade a que um microprocessador executa instruções. Todo o computador contém um relógio interno que regula a relação a que as instruções são executadas, e sincroniza todos os computadores componentes. O CPU (Unidade de Processamento Central) requer um número fixo ciclos de relógio (Ing clock ticks ou clock cycles) afim de executar as instruções. Quanto maior for a velocidade do relógio, tanto maior número de instruções podem ser executadas, por segundo, pelo CPU.
As velocidades relógio são expressas em megahertz (MHz) ou gigahertz (GHz).

1 comment:

Ronan Jimson said...

Hi Jos??, You can sign up Party Pokerwith CODE: RB2006 to get bounus :20% upto $100. regard